Pages

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

A gravidez do meu segundo filho II


Oiiii

Volteiiiii

Sem mais demoras...vou continuar a contar o que houve na minha gravidez..e aviso as gravidinhas...é um relato triste a partir de agora...mto,mto triste mesmo...

Bom como estava dizendo do quarto mês ao quase sétimo tudo transcorria bem
Era final de ano...festas ...comemorações...alegrias...
Tínhamos comemorado o final do ano,eu estava feliz mas ao mesmo tempo observava um comportamento estranho no pai dos meus filhos...e isto me causava um certo desconforto e uma angustia no coração.
Ja tínhamos separado antes por causa disso(ele tinha me traído,saído de casa...eu o perdoei e ele voltou)...entao eu notei que ele estava ficando diferente de novo...e eu ja sabia o que isto significava...
Nao foi algo de uma hora pra outra... ja vinha notando este comportamento dele ha um tempinho...mas nao desabafei com ninguém, tudo ficou guardado no coração...
Eu sabia que nao poderia ficar nervosa...eu sabia que isto faria mal a mim e ao bebezinho...eu ate cheguei a conversar com ele sobre o que eu vinha notando...ele negou tudo,disse que estava tudo bem,que ele me amava e que todo aquele transtorno nao iria se repetir
 E no fundo ele tbm sabia que isto faria mal pra minha gravidez...
Bom...eu nao consegui confirmar uma nova traição naquela época,mas a suspeita me fazia mto  mal...eu nao desabafava com ninguém... eu nao consigo fazer isso
Qdo tenho problemas...eu sempre oro e entrego a Deus...
Claro sei que tem coisas que nao podemos guardar,mas eu sou assim...nao consigo me abrir...

Fora tudo isso..tudo estava bem comigo e com a gravidez,nao sentia nada de anormal...
Ate que o  primeiro dia do ano de 2007 mudou minha vida pra sempre...
Naquele dia ,apesar de tudo,eu estava bem...e nao posso afirmar que foi o que relatei acima que provocou tudo que tive...
Passamos a manha na casa da minha mãe...almoçamos e depois fomos pra casa pra eu poder descansar..ja estava com quase 7 meses e a barriga ja pesava um pouco
Entao de tarde eu senti algumas cólicas...eram fortes mas passaram qdo me deitei e fiquei quietinha...

Qdo foi a noite me levantei e a gente foi pra casa da minha mae de novo(era perto da nossa casa)...chegando la falei que tinha sentido as cólicas,mas que tinham passado...tava tudo bem...
Mas para minha surpresa elas voltaram pouco tempo depois de chegarmos la...
Estavam mto fortes novamente...neste momento comecei a ficar preocupada demais e todos que estavam la tbm ficaram...
Me deitei e ligaram pro meu medico(ele tava viajando) ...mas por telefone mesmo ele pediu que tomasse remédio pra cólica e se nao passasse era pra ligar pra ele e seguir pro hospital ...
Tomei o remédio e nao adiantou...as dores ficaram ainda mais fortes ...ate que eu senti que tava com a calcinha molhada...ja fiquei com o coração angustiado e fui ao banheiro.
Qdo cheguei ao banheiro o desespero tomou conta de mim...eu tava sangrando,mas nao era pouco, era uma hemorragia de sangue vivo...que sujou toda a minha roupa.
Ligaram pro meu medico novamente e ele pediu que fossemos com urgência ao hospital...o que eu sentia eram contrações...

Corremos pro hospital e chegando la ,a enfermeira foi ouvir o coração do bebe e nao conseguia...chamou o medico e ele nao conseguiu tbm...nesta hora meu mundo tinha ruído aos meus pes...
Ahh se eu soubesse que aquela cólica poderia se tornar em algo tao grave eu teria ido ao hospital naquela hora...mas gestantes sentem dor...e nem sempre é algo alarmante....principalmente nos ultimos meses(era assim que eu pensava)
Acabei sendo encaminhada pra uma cesárea de urgência...a placenta tinha descolado de novo e numa gravidade enorme...serios riscos pra mim e pro bebezinho(so que no dia eu nao sabia que era arriscado pra mim tbm)

Na hora da cirurgia a pediatra pediu o cartao pra confirmar as semanas...estava de 29 semanas...ele era um prematuro extremo..e eu ouvia tbm que queriam saber meu tipo sanguíneo..meu caso era gravíssimo e foi neste momento que descobri isso.
Era  9 e pouco da noite qdo meu pequeno David nasceu...nao chorou... ...meu bebezinho nao tava bem,eu nao estava bem...mas eu nao me importava comigo...tudo que queria saber era sobre ele,mas faltava coragem pra perguntar...

Mas criei coragem e perguntei se ele tava vivo..e a pediatra disse que sim...e perguntou se eu queria vê-lo...eu ainda tava na mesa de cirurgia qdo ela o trouxe pra perto de mim...tao pequeno..tao frágil...lutando pra viver...
Ele foi encaminhado para um outro hospital da cidade,no hospital que fui atendida nao tinha UTI neonatal...Deus abençoou que na epoca eu tinha um plano de saude mto bom,o que possibilitou a internação com urgência dele no outro hospital

Nao foi preciso me fazer transfusão de sangue...so anos depois é que fui ler sobre as gravidade de um descolamento de placenta,que tem mulheres que perdem ate o utero por conta disso..Deus cuidou de mim.
Por isso notei que os cuidados comigo eram maiores do que com as outras pacientes..monitoravam se a hemorragia nao tinha voltado a todo momento..pois eu ainda corria riscos.
Fiquei internada 1 dia mais do que se deve ficar no caso de cesárea...

Qdo eu qdo saí fui direto visitar meu bebezinho...mas nao me deixaram entrar pra vê-lo e tive que esperar o horário de visitas.

Fiquei em casa ansiosa para ver meu bebezinho, cheguei ansioa na UTI e qdo cheguei perto dele vi que ele estava todo entubado,precisava de ajuda pra respirar...por causa da prematuridade
Alem disso descolamento da placenta causou uma  falta de oxigenação e prejudicou o coração dele..isto foi o que os medicos diagnosticaram naquele momento...pois provavelmente teria mais sequelas ..o quadro dele era grave.
Mas nao perdi a esperança..sabia que se fosse da vontade de Deus eu o teria nos meus braços

O leite pra ele vinha de BH..nao podia dar meu leite ...nao podia pegar ele no colo... na vdd nao peguei ele nem uma vez ...
Ele tbm pegou uma infecção hospitalar ,seus rins pararam de funcionar...ele inchou mto,teve que fazer diálise,o caso dele so complicava e se agravava

Ele viveu 30 dias naquela UTI...eu fui vê-lo todos os dias,e emagreci mto pq nao conseguia comer direito...foi o pior mes da minha vida,mas dei todo meu amor pra ele...conversei com ele...orei mto...todos oramos...

Mas no dia 30 de janeiro ele se foi...o coração parou...nao aguentou...teve tbm falência múltipla de órgãos..sepse e outras coisas que nao me lembro agora.

Ele era chamado de guerreiro Davi pelas enfermeiras...sim..ele lutou mto...uniu as famílias que haviam se distanciado por causa da separação que tivemos antes.

Mas ele se foi...Deus nao permitiu que eu tivesse meu filho...eu nao o amamentei..nao peguei no colo...nao pude colocar pra dormir...nao ouvi seu choro...nao dei meu calor...so vi seus olhos abertos duas vezes(qdo me mostraram ainda na sala de cirurgia e tbm no primeiro dia que fui visita-lo).
Ele era um bebe lindo...e a unica foto que conseguimos tirar no celular foi perdida..pois qdo fui tentar revelar o celular estragou.

A dor que eu sentia era como ter uma faca enfiada no peito...virei uma mae de anjo...sempre serei.
Foi difícil e demorado pra dor dar lugar a saudade...

Muitas devem se perguntar pq estou contando isso aqui...se é o espaço que reservei pra relatar uma nova gravidez...
Eu resolvi contar tudo isso e tbm relatei os outros abortos pq ao engravidar se eu fizer posts que estarei sentindo medo vcs vao entender melhor meus sentimentos.

Bom ...eu recebi mto apoio da minha família e do pai dos meus filhos neste momento de dor que passei...
E mesmo que eu pudesse engravidar novamente ,segundo o medico eu poderia tentar novamente sem problemas depois de uns meses,eu tive mto medo...eu tinha pavor de pensar em passar por tudo de novo...eu queria mto tentar de novo,mas o medo nao deixava..e nao era so o medo de perder um bebe novamente...era tbm uma insegurança em relação ao meu casamento...
E eu nao estava errada pois o termino do meu casamento acabou acontecendo 1 ano e 4 meses depois da  morte do David...
Pude entender que o meu marido na epoca iria me deixar de novo de qualquer maneira, estando eu com um ou dois filhos...Deus escolheu me deixar apenas com um filho pra cuidar...
Qdo tudo aconteceu eu nao conseguia entender porque estava passando por tudo aquilo..a gente nunca entende,né...mas era o inicio de uma nova vida pra mim...

Este nao foi um post fácil de escrever..talvez tenha ficado meio confuso ou ate mal escrito..mas  as emoções falaram mto alto ao relembrar tudo que vivi naqueles dias...me desculpem se nao me expressei direito em algumas partes e qualquer duvida podem me perguntar tbm...

David....01/01/2007---30/01/2007



Bom agora so falta contar como foi a gravidez do meu primeiro filho...foi so alegria e por isso deixei pra ser o ultimo relato do meu passado gravídico,rs

Beijos


12 comentários:

  1. Nise.. nem sei o que dizer.
    Só sei que fiquei muito emocionada com toda a sua história, que apesar de triste é uma história de força e coragem.
    Vc é uma mulher guerreira, e eu te admiro ainda mais por isso.
    Eu creio que existem propósitos para todas as coisas e com certeza nessa situação não foi diferente, a gnte pode até não entender completamente o porque de tudo, mas descansar no Senhor é sempre a melhor saída.
    Desejo mais do que nunca, que seu bebê chegue logo e que ele traga muuuitas alegrias para o seu coração.
    Bjão!

    ResponderExcluir
  2. Nise, que triste é sua história :(
    Meu coração está apertado só de imaginar tudo o que você passou.
    Se Deus quiser dessa vez será diferente, em nome de Jesus !!!

    Bjs!

    http://deliriosdeumamaedeprimeiraviagem.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que tristeza.

    Eu nem sei como reagiria. Meus sentimentos, amiga.
    mae-a-bordo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi NIse, nossa eu estava curiosa, agora estou pensativa, que historia não, que momento, mas só Deus entende seus propósitos. Na certeza que ele esta preparando a você um lindo presente, você sempre será mãe de anjo, um que esta acompanhado de papai do ceú e um outro que ele esta preparando a você, amém. Deus cuide de você!

    ResponderExcluir
  5. Nossa, Nise!TNão sei o que dizer...triste demais!

    Que tristeza, mas Deus sabe o que faz!

    Já já o seu bebê chegará...estamos na torcida!!!

    Beijinhos

    www.tititietrelele.com

    ResponderExcluir
  6. Nise, seu relato me emocionou muito!
    O David foi realmente um guerreiro, e você é uma guerreira também, pois acreditou na vontade de Deus, e não esmoreceu!
    Deus te dará o seu novo bebê na hora certa!
    Estou na torcida.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Nossa so posso dizer que chorei!
    nao consigo imaginar dor que e perder um filho depois de nascido se ja e doido quando perdemos ele dentro da gente imagina depois de ver
    que venham so alegrias com esse próximo bebezinho que esta por vir nise

    bjos

    ResponderExcluir
  8. Nise...
    Deixou muitas aqui sem palavras, inclusive a Grazi aqui...
    História triste e ao mesmo tempo um exemplo...
    Exemplo que temos que ser fortes, seguir em frente e nunca desistir...
    Exemplo que para Deus tudo tem um propósito e tenho absoluta certeza, logo seu bebê virá... e te dará muitas alegrias...

    Beijinhos!

    http://laresmeraldafeliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Nise você passou por muitas batalhas.
    Não tenho nem oq falar, pq só você sabe a dor que passou é como foi difícil.
    Mas Deus é bom, e vai de proteger e proteger seu futuro baby.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Nossa Nise, fiquei sem palavras, que história triste... Tem certas coisas que é difícil entender na hora e só depois que podemos ver com mais clareza.
    Eu já passei por umas dificuldades grandes, e o que posso dizer desses acontecimentos fortes e tristes, é que nos fortalecem! E vc é uma guerreira :)

    Bjs =^.^=
    www.noivaesposamae.com.br

    ResponderExcluir
  11. muito,muito triste Nise!!!Chorei horrores com seu relato!!!!
    Mais acredito que Deus sabe o que faz.Seu pequenino Davi viveu tão pouco mais de maneira tão intensa que jamais será esquecido por vc. Certamente vc é mãe de um lindo anjinho que de onde estiver está olhando por vc.Com tudo isso que vc viveu te fez sem dúvida ser uma mulher mais forte e guerreira!E Deus te reserva coisas lindas pela frente,tenha certeza disso!

    ResponderExcluir
  12. E é por essas e outras coisas que já li nos seus relatos de vida que te admiro mais e mais!
    Que história. Imagino sua dor mas Deus sabe de todas as coisas e ELE não dá uma peso maior que não possa carregar!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita...
ESTE BLOG ESTA TEMPORARIAMENTE DESATIVADO
Nao estou atualizando,por isso os posts sao antigos
Mas fique a vontade para interagir com as seguidoras nos comentarios


Uma vez por semana eu libero os comentarios

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...