Pages

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

E a consulta....como foi?


Bom dia

Como prometido vim contar como foi minha consulta ontem...

Cheguei no consultório achando que ficaria la por horas esperando ...pq como era retorno ,eu seria encaixada entre uma paciente e outra.
Mas me enganei e fui atendida super rápido,rsrs.

Eu mostrei os resultados dos exames...e o da prolactina nem me preocupava mais com a resposta dele pois sabia que estava normal,rs.
E ele so confirmou isso.

O que me angustiava um pouco era o resultado do outro exame(a histerossalpingografia)...pois mesmo sabendo que uma das trompas estava boa...não tem como não ficar apreensiva nesses casos...né.
Precisava ouvir a conclusão do meu medico...queria respostas.

E então entreguei o exame pro meu medico...ele olhou o exame...leu...olhou as chapas de raio X...leu de novo,rsrsrs
E eu la..paralisada ,sentada na frente dele esperando a resposta rsrsrs

Ate que ele me falou ,confirmando,a obstrução...da trompa esquerda.
Perguntei sobre ter acontecido um possível corte ( e ele me disse que o medico que realizou o exame levantou essa hipótese pq ele não pode confirmar se é um corte ou uma obstrução) mas que provavelmente é uma obstrução mesmo.

Perguntei se a ovulação ocorrida do lado esquerdo fica perdida e se é vdd que a trompa direita busca ovulo no ovário esquerdo?
E ele falou que a ovulação não fica perdida...confirmando que a trompa direita vai la e faz o trabalho dela rsrsrs (a Nise comemora \o/ )

Qto a uma possível cirurgia para desobstrução da trompa,ele achou melhor nao mexer pq nesses casos a trompa pode estar comprometida por inteiro.
E como tem a trompa direita funcionando vamos focar nisso.

E o resultado disso tudo foi que ele me pediu pra eu voltar a tomar indutor...me passou outra marca...pra ver se eu nao sofro com os efeitos colaterais.
E vamos tentar dessa forma...e se nada acontecer eu volto no consultorio e veremos que caminho seguir.

Se eu esperava mais dessa consulta???
Claro como uma boa tentante ...eu esperava sair de la com a solução dos meus problemas e com um Beta HCG positivo nas mãos kkkkk como se o medico pudesse fazer magica rsrsrs.

Mas a gente descobre que é preciso esperar...(ahh esperaaar aff queria mesmo era  estar esperando pelos nove meses ou 40 semanas rsrsrs)mas  mesmo na medicina os médicos não tem mto o que fazer,ne...
Eles vao passar o tratamento...seja ele qual for e aguardar o corpo responder...e isso nao é so para engravidar...é em tudo na nossa saúde.

Então agora é fé em Deus...fazer o tratamento...e esperar pelo tão sonhado positivo

E o post de hj eu encerro desejando a cada uma de vcs um FELIZ NATAL e um PROSPERO ANO NOVO!!!
Vou dar uma pequena uma pausa...mas em janeiro estou de volta...

Que 2016 seja um ano mais que abençoado para cada uma de vcs...tentantes...gestantes...aguardantes...e claro pra vc tbm que ainda nao esta envolvida nesse mundo materno mas que vem aqui no meu cantinho me apoiar...



Beijos






segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

20 passos importantes para quem decidiu engravidar-final


Bom dia

Vamos finalizar os posts dos 20 passos para quem decidiu engravidar?
Sao decisões a serem tomadas...simples para algumas pessoas...complicadas para outras.
Mas vc tbm nao é obrigada a seguir nada disso...sao apenas dicas mesmo...só pra facilitar um pouco.


16. Pense bem


Ter um filho é compromisso para a vida toda. Antes de botar a mão na massa e fazer seu bebezinho, faça algumas perguntas a você mesma:
Vocês dois estão no mesmo barco nessa história de ter um bebê?
Se vocês têm diferenças de religião, já discutiram como isso vai afetar a criança?
Você pensou em como vai conciliar o trabalho e os cuidados com a criança?
Vocês estão dispostos a abrir mão da vida despreocupada e de "luxos" como dormir até mais tarde no fim de semana?



17. Conte a notícia para um(a) amigo(a)


É provável que você seja invadida por um monte de emoções ao mesmo tempo nesta época de decisões e tentativas. O apoio de uma pessoa especial é valiosíssimo. Mas não precisa espalhar para todo mundo que "está tentando". Você vai ter de enfrentar olhares curiosos e cheios de expectativas cada vez que disser "oi" para as pessoas. 

Outra opção é compartilhar sua expectativa com outras mulheres na sua situação, em grupos de internet,por exemplo.



18. Apimente sua relação


Há especialistas que acham que, quanto mais excitada a mulher, maior é a chance de haver fertilização. Já outros acham que não faz diferença. O ponto é que a hora do "vamos ver" é a mais gostosa, e deve ser aproveitada. 

Prepare-se para esquentar as coisas: uma lingerie provocante, velas no quarto, uma massagem... Faça o que funciona melhor para vocês. 



19. Pense em como vai parar de usar seu método anticoncepcional


Dependendo do método, a coisa é mais imediata -- ou não. Basta deixar de usar a camisinha e vocês já estarão "tentando", mas no caso de métodos hormonais não é tão fácil. 

Se você toma a pílula tradicional combinada, por exemplo, é melhor terminar de tomar a cartela, para evitar que sua menstruação fique toda bagunçada. Pode levar alguns meses para o ciclo menstrual se regularizar depois da pílula. 


O mesmo vale para os adesivos e o anel intravaginal. No caso da injeção de Depo-Provera, pode demorar mais tempo para você começar a ovular de novo, mesmo que a menstruação volte ao normal rápido. DIUs e implantes precisam ser retirados pelo médico. 


Quando parar de usar anticoncepcional, acostume-se a marcar na agenda ou no calendário a data da sua menstruação. Depois vai ficar mais fácil contar a gravidez.



20. Divirta-se e aproveite a vida despreocupada sem filhos


Se tudo der certo, sua liberdade vai acabar num futuro não muito longíquo. Então aproveite: ande de montanha-russa, monte a cavalo, surfe, faça tudo de radical que depois não vai poder fazer por um bom tempo. 

Namore muito, vá ao cinema, durma até tarde. 

Fonte

Amanha tenho consulta...vou levar o resultado dos exames...apesar de ja saber que uma das trompas esta obstruída...fico meio ansiosa ..pois quero mto saber que tratamento irei fazer.
Depois eu volto pra contar como foi a consulta...

Bjo

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Minha histerossalpingografia ...antes...durante e depois


Boa tarde, gente

Primeiramente agradeço cada uma que tirou um tempinho pra orar por mim...

Sei que estão todas esperando por este post...né.
Eu tbm estaria esperando,se nao fosse post meu  kkk
Na vdd ja pensava em como faria este post,antes mesmo do exame acontecer, rsrs.

Vem comigo ...vou contar tudinho

Instruções  para o exame

Qdo liguei na clinica para marcar o exame perguntei tudo que podia e nao podia rsrsrs pois como comentei estava preocupada com uma possível reação ao contraste.

Então fui instruída a tomar 4 colheres de leite de magnésia ao deitar e 4 colheres de leite de magnésia pela manha.
E tbm que deveria ter abstinência sexual ate o dia do exame...e que no dia do exame so tomasse um cafe com pão.
Ahh e que deveria chegar la 1 hora antes da hora marcada.
E foi só isso...gente.

Eu fiquei em duvida,pq vi alguns videos de meninas que foram instruídas a tomar laxante tbm
Mas algumas tbm tomaram anti inflamatório...Buscopan e tbm colocaram um remédio embaixo da lingua(isso antes do exame)

E eu ia tomar só laxante???Como assim, rsrs?

Preparo para o exame

Na terça feira de noite por precaução a reação alérgica eu tomei um comprimido de Fernegan( foi por minha conta e risco e por conta do desespero que eu tava sentindo....sabe aquele medo de morrer por choque alergico e deixar meu primeiro filho sem mãe?!? ...só as mães de plantão entenderão rsrs)

E tomei 4 colheres de laxante...mas não tomei o leite de magnésia nao...tinha um resto de laxol em casa e foi esse mesmo que bebi...afinal laxante é tudo laxante rsrsrs
Mas de manhã eu nao tomei mais nao...primeiro pq percebi que nao seria preciso(se é que entendem kkk) e principalmente pq eu iria viajar pra fazer o exame...e me digam como que viaja por quase 2 horas sob efeito de laxante? kkkk não da gente,não da.

Ahhh eu coloquei na bolsa um vidro de Buscopan que eu tinha em casa,pois chegando na clinica eu iria tomar por precaução.
E levei tbm um absorvente ..que não pediram pra levar,mas eu sabia que precisaria pois vi as meninas falando.
Fiquei pensando se isso seria falha da clinica ou da atendente que nao me passou as informações direito por telefone.

Pulando os detalhes da viagem em si e de como foi complicado chegar na clinica ,senao o post ficará maior ainda kkk vou direto para o que aconteceu lá.

Chegando na clinica fui direto ao balcão de atendimento e fiz minha ficha. Qdo paguei a menina me falou que em pouco tempo alguem me chamaria pra tomar a injeção (eu nao ia perguntar) mas perguntei que injeção era essa...e ela falou que era de buscopan.
Ainda bem que perguntei,senao eu teria tomado o que eu levei rsrs ( nesse momento entendi pq ela so me falou do laxante...rs)

Quase meia hora depois é que me chamaram pra tomar a tal injeção ...a enfermeira me perguntou se eu tinha alguma alergia e me explicou que era uma injeção de buscopan com dipirona.
Nossa...como é incômoda essa injeção e eu fiquei bem estranha depois...o corpo mole,com sono...mas ok. Fiquei so aguardando minha vez chegar na recepção.

Durante o exame

Fui chamada pela técnica de radiologia...mto gentil por sinal...ela me levou pra sala de exames e perguntou se eu havia levado um absorvente (minha resposta foi sim,então nao sei como seria se eu tivesse falado que nao...se nesse caso a clinica forneceria um,ne )
Ela pediu que trocasse de roupa,e colocasse aquela camisola que conhecemos do consultório ginecológico, rs
E que depois deitasse na mesa (cama?) do raio x com as pernas dobradas.

Ela fez uma primeira radiografia sem contraste...acredito eu que foi pra ver se eu estava na posição correta...e depois me disse que era só aguardar pelo medico.
Nesse momento que fiquei sozinha ...orei a Deus pedindo que me protegesse de reação alérgica..e que o diagnostico fosse o melhor possível pra mim...e que a dor fosse suportável.

O medico entrou...conferiu as informações da ficha..perguntou se eu sabia para que era o exame...eu falei que tinha pesquisado a respeito...e ele riu e falou assim: é... hj em dia todo mundo pesquisa rsrsrs e então ele me explicou como era feito o exame e para que ele servia.

Então ele foi conversando comigo e me preparando ...fazendo assepsia e preparando o material tbm. Cada coisa que ele pegava me fazia tremer por dentro rsrsrs.
Nao vi todo o material pq parei de olhar...percebi que aquilo tava me fazendo ficar nervosa.Mas percebi que ele passou um gel no especulo ...seria anestésico? Nao sei rsrsrs

Ele me avisou que ia pinçar o colo e aiiii...incomoda viu...fiz careta. A moça comentou que parecia um beliscão e realmente parece....eu fui respirando bem fundo...e aquela dor mais forte passou,ainda doía,mas algo bem mais tranquilo de aguentar.

Minutos depois ele falou que iniciaria o exame...e começou a injetar o contraste.Eu estava deitada de costas ...com as pernas dobradas (naquela posição ginecológica)
Ja tinha visto videos de meninas falando que era uma dor "fina"(tipo uma agulha entrando) que sentiram..mas li relatos de outras dizendo que era uma cólica.
Eu senti uma cólica forte(segundo o medico parecida com uma cólica menstrual) ...nao posso comparar pq nao tenho cólicas menstruais...mas vc que sente todo mês...parabéns...vc é uma guerreira!!!
A dor foi bem forte...dura pouco tempo...mas apesar de suportável...incomoda bastante.
O que pude fazer para aliviar foi respirar fundo e acredito que ajudou,viu.
Ele retirou o especulo e assim foi feita a primeira radiografia.

Em seguida ele pediu pra eu deitar de lado com cuidado...sem tirar os pés da mesa.Fui girando com cuidado com medo do cateter  do contraste sair....a moça ajudando a me posicionar...e pronto...ele injetou mais contraste...la vai a Nise respirar fundo e aguentar a dor.

Logo depois ...foi a vez de virar pro lado esquerdo...a mesma coisa...girando devagar,pes na mesa...e mais contraste...dor...dor...dor.
E eu respirando bem fundo pra aguentar aquele incomodo.

Me voltaram para a posição de costas e a técnica foi levar as chapas de raio x pra "revelar" ...enquanto isso o medico me explicou que tava quase terminando,mas que ainda nao tiraria todo o equipamento de mim,pois se precisasse repetir ...ele evitaria ter que fazer todo o procedimento inicial de novo.
Ela voltou e realmente precisou repetir...pq a trompa esquerda nao foi preenchida...ele me falou que por eu ter tido filho o volume do útero é maior e nesses casos é preciso mais contraste ...mas meu coração dizia outra coisa.
Entao foi injetado mais contraste...ele me perguntou se tava doendo e dessa vez doeu um pouco mais...foi feita a radiografia e finalizou o exame.
Enquanto esperávamos pela tecnica... ele foi retirando tudo...ai que alivio que dá.
A dor foi embora !!!!

Ele continuou a me explicar sobre o exame...o quão importante é...falou sobre as mulheres que engravidam logo depois.
E foi fazendo os procedimentos finais de limpeza...e me explicou que eu ficaria "vazando"(tudo bem  kkkk,nao foi essa  a palavra que ele usou),mas o contraste iria sair junto com o outro produto que ele usou para a assepsia...e como é mto vermelho.eu teria a ilusão de que seria sangue...mas nao era.
Pois este exame nao corta nada...não machuca e ele usa meios e cuidados pra evitar qualquer tipo de lesão.Portanto eu nao estaria sangrando(palavras do medico,gente)
E que eu poderia voltar a minha vida normal logo que saísse de lá...e que no outro dia as relações sexuais ja estavam liberadas...só nao liberaria no dia(ontem) por causa do contraste presente dentro do útero.

O resultado

A técnica voltou pra sala com a ultima radiografia...e mostrou pro medico.
E ele confirmou que realmente a trompa esquerda nao foi preenchida...
E que isto significava que ela estava obstruída ...ele ainda falou: olha nao sei se ela esta obstruída ou se cortaram ela(cortaram???)...mas nao se preocupe...a direita esta perfeita...vc pode ter mtos filhos apenas com uma trompa.
O único impedimento que vc tem é qdo vc ovular do lado esquerdo...é uma ovulação perdida.

Qto a obstrução penso mto no ultimo aborto que tive..que senti uma dor chatinha do lado esquerdo por uns 10 dias e depois passou...seria essa a causa ? Ja tinha ate me esquecido desse incomodo...mas ele veio a minha memoria logo que recebi a noticia.
Seria um erro medico durante a cesárea do meu segundo filho,onde o medico fez a cirurgia as pressas e cortou minha trompa...seria isso possível???
Nao entendo nada disso e vou perguntar tudo pro meu medico no retorno.

Como estou me sentindo

Claro que fiquei chateada com a descoberta...queria estar 100%,ne...
Mas decidi me apegar aos 50 % de chance que tenho...sera mais difícil? Acredito que sim...mas agora nao estarei fazendo um tratamento as cegas.
So vem na minha mente que se for da vontade Deus...eu poderia ter so 1% que Deus concederia a benção...esta descoberta renovou minha fé... 


Entao é isso
Dia 22 terei retorno com meu ginecologista e vou tirar minhas duvidas e com certeza saberei que tratamento seguir...
Desculpem pelo post gigantão...mas resumi o máximo que pude e coloquei o máximo de detalhes que consegui nesse "pequeno" resumo kkkk pq qdo pesquisei sobre o assunto,encontrei mtos videos...mas poucos blogs falando a respeito.

Atualização: esqueci de colocar qto tempo fiquei na sala de exames..e segundo meu marido foi mais ou menos 1 hora...e deve ter sido isso mesmo.
Mas nao fiquei 1 hora sentindo dor,nao...os períodos de dor (sofrência) eram bem curtos.Esse tempo se deu pelos preparativos do exame.

Beijos







quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

20 passos importantes para quem decidiu engravidar-parte III + Hj é o dia da minha histerossalpingografia

Bom dia ,gente

Hoje é o dia do exame...imaginam como estou,ne
Este post está ate programado porque faço os posts no meu trabalho e eu não fui trabalhar hoje.E a essa hora ja estou viajando.
Peço que orem por por mim..para que dê tudo certo...em todos os sentidos.

Agradeço os comentários carinhosos e de apoio que tive no blog nessa semana...
Ontem fiquei off de quase tudo...so atualizei algumas coisas no Instagram..e o blog.
Nao tinha cabeça pra conversar ... então fiquei quietinha no meu canto.



Agora seguindo para o tema do post
Mais 5 cinco passos ...
Primeiro post aqui
Segundo post aqui

11. Informe-se sobre seu plano de saúde ou pré-natal público


A maioria dos planos de saúde tem dez meses de carência para gravidez, mesmo se apenas para mudança de categoria. Por isso, se você tem convênio ou plano de saúde, informe-se para ver quais hospitais, médicos e exames o plano cobre e se há reembolso. Se quiser mudar de categoria, terá de fazer isso antes de engravidar. 

Caso você não tenha plano de saúde e pretenda entrar em um, vale a mesma coisa: você vai precisar entrar pelo menos dez meses antes da data do parto, portanto é bom dar uma boa antecedência antes de começar as tentativas concretas. 


Maternidades particulares têm planos especiais para quem não tem plano de saúde -- você pode se informar sobre eles. 


Todas as mulheres têm direito a atendimento pelo SUS, de graça, mas é aconselhável investigar na sua região para ver a qualidade da assistência médica, que varia muito. Um bom começo é procurar as unidades básicas de saúde (postos) para saber como funciona o pré-natal. 


12. Faça as contas e programe sua vida financeira


Bebês vêm com enormes despesas. Procure fazer um planejamento dos gastos, não só os da gravidez e do parto, mas também os do resto da vida. Pense nas coisas menos óbvias, como o preço da escola -- parece que está tão longe... O "a gente dá um jeito" não é a melhor maneira de pensar. 

Veja também como vai ficar sua vida durante a licença-maternidade. Autônomas que contribuem para o INSS recebem o salário-base da contribuição, por isso talvez valha a pena aumentar a contribuição antes de engravidar para receber um salário melhor. 


Descubra na empresa se há mudanças no esquema de trabalho para grávidas, ou se há muitos casos de mulheres que são mandadas embora depois que voltam da licença-maternidade (coisa que infelizmente não é tão rara assim). 



13. Planeje seu espaço físico


Há lugar na sua casa para um bebê? A região é legal para criar um filho? Você quer construir mais um quartinho ou fazer uma reforma? O momento para pensar nisso é agora, não depois da gravidez. Lidar grávida com reforma ou mudança de casa é uma receita perfeita para o estresse. 


14. Organize seus sentimentos e sua saúde mental


Mulheres que sofrem de depressão tendem a ter mais dificuldade para engravidar. Caso você não esteja com a cabeça boa, é melhor se tratar antes de engravidar, porque as mudanças hormonais são um furacão, e muitas vezes provocam depressão na gravidez e depressão pós-parto. 

Se a mulher estiver equilibrada no momento da gravidez, tudo tende a ser mais fácil. O médico saberá quais antidepressivos podem ser tomados enquanto se está tentando engravidar. Vale tentar também técnicas como ioga e meditação. 


Em relação ao seu parceiro, veja se o relacionamento de vocês está bem. A gravidez só vai piorar as coisas se a situação já não estiver boa. 



15. Proteja sua saúde e evite infecções


Quando se está tentando engravidar, é bom começar a tomar os mesmos cuidados da gestação, para não ficar doente nas primeiras semanas da gravidez, que é justo quando os órgãos do bebê estão se formando e estão mais sujeitos a problemas. 

Lave as mãos com frequência, peça para outra pessoa cuidar da caixinha de fezes do gato, para evitar a toxoplasmose. Prefira não comer carne crua, inclusive de peixe. 

Quando já estiver tentando de verdade, evite tomar remédios no período depois da ovulação, ou seja, a partir da metade do ciclo menstrual, porque já pode haver um embriãozinho em desenvolvimento dentro da sua barriga.Fonte 


Orem por mim...meu exame esta marcado para as 11 horas...mas preciso chegar na clinica as 10.
Volto em breve pra contar tudinho pra vcs.
Beijos

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

20 passos importantes para quem decidiu engravidar-parte II

Bom dia


Hoje estou com o coração apertado...mas com fé em Deus que tudo vai dar certo na histerossalpingografia amanha... 
Será que tem alguém que fica calma antes de fazer este exame? rsrsrs 
Me passa a receita,por favor.

Qdo comentei com uma amiga que ia fazer o exame e que pesquisei a respeito ...ela falou assim: "Mas porque vc foi pesquisar? Agora sabe que vai doer...e é pior."
Bom eu nao concordo com ela...prefiro estar informada.
Pois se vou sem saber que existe a possibilidade de sentir dor e na hora do exame doer mto ,ficaria mto assustada...e isso poderia atrapalhar ainda mais.
Prefiro ir ciente da dor..pois me preparo pra ela.Se doer mto eu ja sabia...se doer pouco..melhor ainda,rsrs

Minha cabeça esta a mil...entao hj estou bem quietinha no meu canto,rs


E agora deixo pra vcs mais cinco passos para quem planeja engravidar.
Nao viu o primeiro post? clique aqui

6. Monte e siga seu programa de exercícios


Exercício na gravidez faz muito bem, mas o ideal é que a mulher já esteja fazendo atividade física antes de engravidar, porque aí é só continuar a fazer os exercícios a que já está acostumada, sempre tomando os cuidados necessários. 

Além disso, a malhação pode ajudar a eliminar o estresse que pode vir junto com as tentativas de engravidar. 


O mais recomendado é fazer uma hora de atividade física, como caminhada, bicicleta e musculação, pelo menos três ou quatro vezes por semana. Para completar, exercícios de flexibilidade e alongamento (como ioga). 


Não faça muito mais que isso -- excesso de exercícios pode acabar atrapalhando o ciclo menstrual. Desde que você esteja menstruando normalmente, deve estar tudo bem. 


Se você sempre foi sedentária, comece aos poucos, sob orientação médica. Caminhar de 10 a 20 minutos por dia já é um bom princípio -- vá ao supermercado a pé, suba escadas em vez de pegar o elevador, mexa seu corpo sempre que der. 



7. Vá ao dentista


Há cada vez mais provas de que doenças na boca podem afetar a gravidez, fazendo o bebê nascer prematuro, por exemplo. As mudanças hormonais que acontecem durante a gestação deixam a mulher mais suscetível a problemas na gengiva. 

Se faz mais de um ano que você não vai ao dentista, é melhor ir agora, antes de engravidar. 



8. Pesquise um pouco o histórico médico da sua família


Você já ouviu seus pais contarem que tiveram um irmão que morreu pequeno, ou alguma criança na família que nasceu com problemas, ou tem parentes com doenças crônicas? 

Pode parecer meio mórbido, mas vale a pena dar uma investigada na família de vocês dois para saber se não há histórico de problemas genéticos ou cromossômicos, como síndrome de Downanemia falciforme, outros tipos de anemia como a talassemia, fibrose cística, doença de Tay-Sachs (frequente nos descendentes de judeus do Leste Europeu), hemofilia e outras. 


Se descobrir alguma coisa suspeita, você vai poder perguntar ao ginecologista se é necessário algum tipo de exame especial ou aconselhamento genético para avaliar os riscos.


9. Marque uma consulta com o ginecologista


Não precisa ser ainda, necessariamente, com o médico que vai acompanhar a gravidez, mas você precisa marcar uma consulta e ir ao ginecologista para que ele dê uma olhada geral na sua saúde (e não só nos órgãos reprodutivos). 

Diga ao médico todos os remédios que está tomando ou que tomou recentemente. Alguns medicamentos, como o antiacne Roacutan (isotretinoína), não só não podem ser tomados na gravidez, mas permanecem no organismo depois de você parar de tomá-los. 


Conte ao médico sobre qualquer outro problema crônico de saúde, como a diabete ou disfunções da tiroide. O ginecologista vai dizer se você precisa tomar alguma vacina, como a contra a rubéola. 


É o médico também que vai decidir se é necessário fazer algum tipo de investigação genética, com base no que você contar a ele do histórico da sua família. 



10. Observe seu corpo para descobrir quando está ovulando


Não há nada contra simplesmente parar de evitar a gravidez e deixar a coisa rolar naturalmente, para ver o que acontece. Só que boa parte das mulheres fica ansiosa, querendo engravidar o quanto antes. 
Se for esse seu caso, vale a pena se sintonizar com seu próprio organismo para ver se descobre a data da ovulação.  
Fonte 


Mais 5 passos pra quem resolver ser uma tentante...etapa nada fácil qdo começa a demorar demais pra realizar o sonho...
Bjo

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

20 passos importantes para quem decidiu engravidar-parte I

Bom dia gente

Essa semana eu to super hiper mega ansiosa...marquei meu exame(histerossalpingografia) para quarta feira.
Medo de tudo ...
Medo de sentir mta dor (mas ja estou me preparando pra sentir algo parecido com uma dor de parto kkkk ja tive um parto normal...acho que posso aguentar a dor desse exame,ne rsrsrsrs)

Medo de reação alérgica (tenho alergia a conservantes e corantes artificiais...corante de tartrazina que é encontrado em medicamentos...e tbm a acido acetilsalicílico.)
Nunca comi camarão ,nem frutos do mar pra saber se sou alérgica a eles.
Ja informei isso na clinica e vou falar de novo na hora do exame.

Medo do diagnostico (se as trompas estiverem mto obstruídas)
Se for preciso fazer uma FIV ...meu sonho terminou...nao temos condiçoes de fazer um tratamento tão caro e que no final nao te dá garantia de nada tbm.
Que Deus me ajude a voltar com noticias boas de lá...Deus vai me ajudar...amem,rs


Nessa semana teremos uma sequencia de posts mto boa para quem esta planejando engravidar...

São 20 passos importantes ...claro que as vezes nao conseguimos seguir todos a risca...mas qtos mais vc conseguir ...melhor será,ne rsrs

Eu dividi em quatro posts pra nao ficar cansativo e tbm para aproveitar e ir informando como está minha semana #tensa

Os primeiros 5 passos importantes para quem deseja engravidar

1. Vá a uma farmácia ou posto de saúde e comece a tomar ácido fólico



O ácido fólico é uma substância que evita defeitos no bebê, mas o melhor é que seja tomado pelo menos um mês antes de a mulher engravidar. 

Mesmo que você ainda não tenha ido ao ginecologista para dar a notícia de que quer engravidar e fazer os exames necessários, já pode ir tomando o ácido fólico, que é vendido sem receita médica nas farmácias, e fornecido gratuitamente em postos de saúde. 


O ideal é comprar apenas o ácido fólico, e não um complexo de vitaminas. O excesso de vitamina A (mais que 770 mcg RAE ao dia) pode ser prejudicial ao feto. 


A dose recomendada de ácido fólico é de pelo menos 400 microgramas (mcg), equivalente a 0,4 miligrama, ao dia. O ácido fólico não engorda e é bem baratinho. Os comprimidos disponíveis normalmente têm bem mais do que a dose recomendada (muitas vezes com 1 ou 5 miligramas).


2. Pense duas vezes antes de cair na balada



Comece a preparar seu corpo pegando mais leve nas noitadas, principalmente reduzindo ou eliminando o cigarro, o consumo de drogas e de bebidas alcoólicas. Vários estudos já demonstraram que o fumo e o uso de drogas podem provocar aborto espontâneo, parto prematuro e bebês com baixo peso ao nascer. 

As substâncias nocivas podem permanecer por mais tempo no organismo, por isso o melhor é parar bem antes de engravidar. 


Leve em conta também que o cigarro afeta a fertilidade feminina e a contagem de espermatozoides do homem. Por isso, e também pelo fumo passivo, vale a pena pensar em limpar a casa do cigarro, com o casal abandonando o hábito antes mesmo da gravidez. 


Os efeitos do álcool na gravidez são imprevisíveis, por isso alguns médicos sugerem que a mulher pare de beber antes mesmo de começar a tentar engravidar.


3. Diminua o cafezinho sagrado de todo dia


Pesquisas mostram que o excesso de cafeína pode afetar sua capacidade de absorver ferro, que é muito necessário na gravidez, e eleva o risco de o bebê morrer dentro do útero. Há ainda indícios de que a cafeína afete a fertilidade. 

Vá reduzindo então seu consumo de cafeína, não só no cafezinho, mas também em refrigerantes, chás e até no chimarrão. Mas cuidado para não abrir mão da cafeína de uma vez só, pois você pode ficar com dores de cabeça bem desagradáveis. 



4. Tente se aproximar do seu peso ideal


Estudos mostram que é mais difícil engravidar para mulheres muito magras ou acima do peso, com índice de massa corporal (IMC) abaixo de 20 ou acima de 30. Esse índice leva em conta não somente o peso, mas o peso em relação à sua altura. 

Trabalhar para chegar ao peso ideal também vai ajudar você com o próximo passo, que é cuidar da alimentação. Afinal, comer bem é uma coisa que você vai precisar ter na cabeça durante a gravidez e até depois que o bebê nascer, quando estiver amamentando. 


O melhor é pedir orientação a um profissional de saúde se você estiver fora da faixa recomendada de peso. 



5. Encha a geladeira de comida saudável


Você ainda não está "comendo por dois", mas é bom já ir se acostumando e estocando no seu organismo nutrientes que serão essenciais para uma gravidez saudável. Procure comer pelo menos duas porções de fruta por dia, e três porções de hortaliças e verduras. 

Capriche também nas fibras e em alimentos ricos em cálcio, como leite, iogurte e brócolis. 


Se você gosta muito de peixe, é melhor evitar alguns tipos que vivem em águas profundas, como cação, peixe-espada, garoupa e marlin, porque eles podem acumular mercúrio, substância prejudicial que fica no organismo por até um ano. 


Uma boa sugestão é comer no máximo duas porções (cerca de 350 gramas) de peixes como salmão ou atum por semana. 
Fonte


Ahh nem é dificil de seguir,ne? Ou é? rsrsrs
O importante é tentar...mudanças de hábitos sao sempre boas...princialmente qdo se é pra ter uma vida mais saudável 

Beijo

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Exame papanicolau...voce sabe como é feito?


Oi gente
Estou aqui hj pra contar que iniciou mais um ciclo ...a M veio ontem de noite... mas na terça eu ja sabia que era mais um mês perdido...uau...a Nise tem premonição kkkkk 
Na vdd eu ja sabia pq eu meço a temperatura basal...e ela teve uma queda gigantesca de 36,9 pra 36,5 e este é um sinal claro que a M ta a caminho.
Entao agora é me preparar pro exame de histerossalpingografia (ainda tô com mto medo de fazer) e nem é pela dor, é pela reação alérgica que o contraste de iodo pode provocar.
Liguei na clinica que possivelmente irei fazer e o medico me informou que o risco de alergia é mais baixo no meu caso pq o contraste nao sera injetado no sangue(veia) e sim dentro do utero. Mas o risco existe..e é isso que me aflige.

Mas eu trarei mais informações a respeito nos próximos posts.
Hoje vou falar sobre o exame preventivo...ou papanicolau. Voces podem ate duvidar ...mas tem mulheres que nunca fizeram ...e a algumas nao fazem pq nao sabem o que acontece nesse exame. E se esse é o seu problema...hj trago a solução rsrs

O exame preventivo
Podemos dividir a realização do exame preventivo feminino ou popularmente conhecido como papanicolau em três momentos distintos. Para fins didáticos, vamos considerar uma consulta ginecológica tradicional e supor que seja a primeira da paciente.

Primeira parte - anamnese: conhecendo a paciente


Em um primeiro momento, o médico receberá a paciente e irá conversar com ela, colhendo dados sobre sua vida pessoal, que inclui histórico de doenças, cirurgias realizadas, vida sexual (muito importante para futuros diagnósticos e tratamentos), hábitos de vida, entre outros.
Durante esta pequena entrevista, o médico identifica sinais e sintomas que mais tarde vão se unir ao exame físico e ginecológico para estabelecer o diagnóstico e tratamento, caso haja necessidade. É importante que a paciente relate com clareza e sem omitir detalhes: o que sente, o motivo que a levou a procurar o médico, etc, lembrando-se do princípio sigilo, ou seja, tudo o que for dito para o profissional da saúde, permanecerá sob sua guarda.
Devido a isso, se a mulher decidir levar consigo um acompanhante, precisa ter total liberdade para tratar de assuntos particulares e muitas vezes íntimos com o profissional da saúde. Isso pode fazer toda a diferença para o resultado final da consulta.

Segunda parte - exame físico e ginecológico: avaliando a saúde física da paciente

Em um segundo momento, o médico irá convidar a paciente para se preparar para o exame físico. Esta fase do exame pode ser feita pela paciente sozinha ou com auxílio de uma auxiliar que pode ser a realidade de muitos consultórios ginecológicos.
A paciente é convidada à tirar toda sua roupa, incluindo traje íntimo. Diferente de uma consulta com o clínico geral, onde o exame físico pode ser feito com o paciente vestido, na clínica ginecológica é necessário tal rotina para que o sistema reprodutor feminino possa ser inspecionado. Continuando, a paciente veste-se com traje apropriado: roupão ou camisola com abertura frontal. Trata-se de vestimentas esterilizadas, mesmo que parcialmente.
Logo em seguida, a paciente é convidada à sala de exames onde é colocada em uma maca especial, articulada com perneiras. O médico irá iniciar o exame com uma anamnese completa (aparelho cardiovascular, respiratório e abdome), como aquela feita pelo clínico, seguida de inspeção das mamas, na posição sentada e deitada em busca de nódulos mamários.
O próximo passo é a inspeção do trato geniturinário baixo, utilizando as perneiras, onde a vulva (parte externa do sistema genital feminino) é inspecionado em busca de lesões e/ou feridas, seguido das glândulas de  Bartholin e de Cowper. Após está análise, inspeciona-se a parede do canal vaginal, observando coloração, presença de focos de inflamação, feridas e lesões.Por fim, é executado o exame de papanicolau.
Para realização do papanicolau ou preventivo feminino, um espéculo, conhecido popularmente como bico de pato é introduzido no canal vaginal a fim de expor o colo uterino para inspeção. Este aparelho possui configurações e tamanho variável que atende faixas etárias e tamanhos diferentes de mulheres, existindo uma versão especial, chamada virgoscópio para ser utilizado em mulheres virgens, que após os 21 anos também devem fazer o exame .
Após a introdução do espéculo vaginal, executa-se o exame papanicolau que consiste na remoção através da espátula de Ayres e escova cervical, secreção do colo uterino, que é colocado em uma lâmina de microscopia e fixada com a substância de papanicolau para posterior análise citopatológica, que pode ser feita pelo próprio médico ou em um laboratório de patologia. Após a execução do exame do papanicolau, o médico ainda pode provocar um reação com iodo no colo uterino, que tem por objetivo verificar a existência de células neoplásicas, que podem ser cancerígenas. Neste ponto, encerra-se a segunda fase da consulta.
Não é aconselhável levar acompanhantes nesta fase do exame preventivo e durante o papanicolau, pois isto poderia violar a privacidade da paciente, lhe causando constrangimento e impedindo que dados importantes não ditos durante a entrevista inicial sejam ditos neste momento. Por outro lado, se a paciente se sentir a vontade para levar o acompanhante, este deve ficar sentado na cabeceira da maca, não interferindo no trabalho do médico.

Terceira parte - conclusão: elaborando uma estratégia de tratamento ou aconselhamento junto com a paciente


Na terceira etapa da consulta, o médico irá associar os dados obtidos na primeira etapa quando entrevistou a paciente com o que foi observado durante o exame físico, fazendo sua lista de hipóteses, e o diagnóstico.
As vezes, é necessário exames complementares para o diagnóstico final, sendo os mais comuns pedidos: hemograma completo, exame de urina e fezes, ultrassom transvaginal ou abdominal, ultrassom de mama, mamografia, entre outros.
O bom médico leva em considerações o nível socio econômico da paciente, bem como o nível cultural da mesma antes de sugerir um tratamento. Quando existem mais de uma opção de tratamento, estas são dadas à paciente, que ajudará o médico a escolher a melhor, afinal, após a consulta, o sucesso do tratamento depende muito mais do paciente do que do próprio médico que fez às orientações.Fonte
Entao meninas...qdo fizeram o exame preventivo foi parecido com as informações?Os que eu ja fiz sao mto parecidos ..mudando um detalhe ou outro apenas.
E voce que ainda nao fez...agora sabe como é e nao precisa mais adiar esse exame tao importante ...entao deixa a vergonha um pouco de lado e va cuidar da sua saúde...hein
Beijos

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

O exame de prolactina..qual foi o resultado???


Oi gente

Essa semana eu fiz o exame de prolactina de novo...terceira vez que faço.
E vou contar como foi...pq fiz em um laboratório diferente e tbm num horário diferente.


Para quem não sabe o que é prolactina..clique aqui que tem um post explicando

Conversei com a Carol e ela me deu a dica de que seria melhor fazer o exame mais tarde um pouco e não no comecinho da manha...pois mto cedo os picos do hormônio estão mais altos no organismo.
E foi o que fiz dessa vez...ao invés de ir pro laboratório as 6:30 da manha ..eu fui mais tarde um pouco e a coleta foi feita as 08:45min.

E como disse ..a coleta foi feita em um laboratório diferente dessa vez...e a pergunta que nao quer calar..pq???
Por causa do preço...rsrsrs
O outro laboratório...que fiz os exames anteriormente ...nao viu a cor do meu rico dinheirinho...pq foi na epoca que meu marido tinha plano de saúde empresarial.
E dessa vez ...como eu teria que pagar...fiz uma pesquisa antes.
E deu uma diferença de R$20,00 ...por esse motivo não voltei no laboratório que fui nas primeiras vezes

Mas vamos a diferenças(nao vou citar nome dos laboratórios)

Laboratório 1
R$40,00
Te explicam como vai ser o exame...que vc tem que ficar de repouso por 30 minutos.
Falam sobre o jejum de 8 horas e que nao pode passar de 14 horas de jejum.
No dia reforçam a explicação do repouso e explicam que nem no celular não pode ficar mexendo.
Resultado sai no mesmo dia e vc pode pegar pela internet.

Foi nesse que fiz o exame nas primeiras vezes

Laboratório 2
R$20,00
A explicação que recebi é que se eu fosse de carro ,poderia fazer o exame apos ficar na recepção sentada por 15 minutos.E que o jejum era de 8 horas.
Resultado só apos 3 ou 4 dias e tem que buscar.
Foi o laboratorio escolhido por causa do preço

Esse procedimento "diferente" e menos cauteloso me deixou com a pulga atras da orelha...mas resolvi ir nesse mesmo..mas ja preparada pra sair de la e ir pro outro rsrsrs


E como foi no dia?

Cheguei na recepção e a moça me perguntou se eu tinha ido de carro,qdo disse que sim ela falou que eu iria ficar sentada na recepção e......
Nesse momento eu interrompi ela rsrsrsrs disse que o medico falou pra eu ficar deitada por meia hora e que o sangue fosse colhido comigo assim...não foi mentira pq ele comentou mesmo comigo e eu tbm ja sabia a maneira correta de fazer a coleta,ne rsrs.

Ela ja concordou de cara..e disse que se era uma recomendação medica ,que seria feito dessa forma.
Ainda bem...pq se ela dissesse que não poderia ser assim...eu ia sair de la e pagaria mais caro no outro laboratório.
Ela me levou na salinha e nao deu instrução nenhuma..mas como ja fui instruída antes,fiquei quietinha...nem mexi no celular ...fiquei de repouso mesmo.

Isso foi na terça passada (01/12)...so estou postando pq aguardei o resultado ficar pronto pra ja contar tudo de uma vez..e ele ficou pronto na sexta feira de tarde.

Como deu claramente pra notar...a diferença nao esta somente no valor $$$...mas tbm na forma que o exame é feito.
Mas como pude fazer o repouso direitinho,nao me preocupei.

E o resultado dessa vez foi 16,20ng/ml...esta mais que normal ..e a Nise comemora (\o/   \o/ )

Agora só falta esperar a menstruação chegar(tomara que nao chegue kkkk) pra poder marcar a histerossalpingografia.
Mas confesso que estou mto apreensiva,pois vi uma reportagem sobre os riscos alergicos ao contraste iodado..e eu sou uma pessoa que tem mtas alergias....Ai...que Deus me ajude.

Beijo





quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Gravidez X Zica...como usar o repelente?

Boa tarde

Com a confirmação da relação entre zika vírus e casos de microcefalia em bebês, as gestantes estão cada vez mais preocupadas. Uma das dúvidas mais frequentes nos consultórios é se as grávidas podem usar repelente para se proteger do mosquito.
A dermatologista Alessandra de Melo esclarece que alguns repelentes podem ser usados pelas gestantes como proteção. Segundo ela, os produtos devem conter algum desses princípios ativos: icaridina, DEET adulto (15%) e IR3535O.
No entanto, antes de comprar qualquer repelente, a dermatologista alerta que as grávidas devem procurar o obstetra para saber qual repelente é melhor para elas.
"Os repelentes podem ter duas, seis ou até dez horas de proteção. Antes de comprar, elas devem procurar o ginecologista para indicar o repelente adequado. Pode ser um de maior duração ou de menor duração, o médico é quem vai escolher", disse.
Cuidados com a aplicação
Os repelentes evaporam em contato com pele e formam uma nuvem de proteção que repele o mosquito. Por isso, ele deve ser aplicado por último, depois da maquiagem, hidratante e protetor solar. O repelente deve ser aplicado na pele exposta e por cima das roupas, nunca por baixo. É preciso muita atenção para não aplicar em regiões próximas aos olhos, nariz e boca.
Além do repelente, Alessandra alerta que outras medidas devem ser tomadas: "O uso de roupa de manga comprimida e renovar o repelente no horário correto".



Repelentes indicados para gestantes
Princípio ativo – Icaradina- Exposis (nome comercial) – tempo de ação: 10 horas
Princípio ativo – DEET adulto (15%) – OFF repelex (nome comercial) – tempo de duração: 6 horas
Princípio ativo – IR3535 – Loção antimosquito Johnson (nome comercial) – tempo de ação: 2 horas fonte

Eu comprei daqueles repelentes de tomada e coloquei no meu local de trabalho..e vou comprar um repelente pra pele tbm.
Na minha cidade nao tem nenhum caso e ainda nao estou gravida,mas nao vou ficar de bobeira.

E vc como esta se prevenindo?
Bjo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...