Pages

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

20 passos importantes para quem decidiu engravidar-parte II

Bom dia


Hoje estou com o coração apertado...mas com fé em Deus que tudo vai dar certo na histerossalpingografia amanha... 
Será que tem alguém que fica calma antes de fazer este exame? rsrsrs 
Me passa a receita,por favor.

Qdo comentei com uma amiga que ia fazer o exame e que pesquisei a respeito ...ela falou assim: "Mas porque vc foi pesquisar? Agora sabe que vai doer...e é pior."
Bom eu nao concordo com ela...prefiro estar informada.
Pois se vou sem saber que existe a possibilidade de sentir dor e na hora do exame doer mto ,ficaria mto assustada...e isso poderia atrapalhar ainda mais.
Prefiro ir ciente da dor..pois me preparo pra ela.Se doer mto eu ja sabia...se doer pouco..melhor ainda,rsrs

Minha cabeça esta a mil...entao hj estou bem quietinha no meu canto,rs


E agora deixo pra vcs mais cinco passos para quem planeja engravidar.
Nao viu o primeiro post? clique aqui

6. Monte e siga seu programa de exercícios


Exercício na gravidez faz muito bem, mas o ideal é que a mulher já esteja fazendo atividade física antes de engravidar, porque aí é só continuar a fazer os exercícios a que já está acostumada, sempre tomando os cuidados necessários. 

Além disso, a malhação pode ajudar a eliminar o estresse que pode vir junto com as tentativas de engravidar. 


O mais recomendado é fazer uma hora de atividade física, como caminhada, bicicleta e musculação, pelo menos três ou quatro vezes por semana. Para completar, exercícios de flexibilidade e alongamento (como ioga). 


Não faça muito mais que isso -- excesso de exercícios pode acabar atrapalhando o ciclo menstrual. Desde que você esteja menstruando normalmente, deve estar tudo bem. 


Se você sempre foi sedentária, comece aos poucos, sob orientação médica. Caminhar de 10 a 20 minutos por dia já é um bom princípio -- vá ao supermercado a pé, suba escadas em vez de pegar o elevador, mexa seu corpo sempre que der. 



7. Vá ao dentista


Há cada vez mais provas de que doenças na boca podem afetar a gravidez, fazendo o bebê nascer prematuro, por exemplo. As mudanças hormonais que acontecem durante a gestação deixam a mulher mais suscetível a problemas na gengiva. 

Se faz mais de um ano que você não vai ao dentista, é melhor ir agora, antes de engravidar. 



8. Pesquise um pouco o histórico médico da sua família


Você já ouviu seus pais contarem que tiveram um irmão que morreu pequeno, ou alguma criança na família que nasceu com problemas, ou tem parentes com doenças crônicas? 

Pode parecer meio mórbido, mas vale a pena dar uma investigada na família de vocês dois para saber se não há histórico de problemas genéticos ou cromossômicos, como síndrome de Downanemia falciforme, outros tipos de anemia como a talassemia, fibrose cística, doença de Tay-Sachs (frequente nos descendentes de judeus do Leste Europeu), hemofilia e outras. 


Se descobrir alguma coisa suspeita, você vai poder perguntar ao ginecologista se é necessário algum tipo de exame especial ou aconselhamento genético para avaliar os riscos.


9. Marque uma consulta com o ginecologista


Não precisa ser ainda, necessariamente, com o médico que vai acompanhar a gravidez, mas você precisa marcar uma consulta e ir ao ginecologista para que ele dê uma olhada geral na sua saúde (e não só nos órgãos reprodutivos). 

Diga ao médico todos os remédios que está tomando ou que tomou recentemente. Alguns medicamentos, como o antiacne Roacutan (isotretinoína), não só não podem ser tomados na gravidez, mas permanecem no organismo depois de você parar de tomá-los. 


Conte ao médico sobre qualquer outro problema crônico de saúde, como a diabete ou disfunções da tiroide. O ginecologista vai dizer se você precisa tomar alguma vacina, como a contra a rubéola. 


É o médico também que vai decidir se é necessário fazer algum tipo de investigação genética, com base no que você contar a ele do histórico da sua família. 



10. Observe seu corpo para descobrir quando está ovulando


Não há nada contra simplesmente parar de evitar a gravidez e deixar a coisa rolar naturalmente, para ver o que acontece. Só que boa parte das mulheres fica ansiosa, querendo engravidar o quanto antes. 
Se for esse seu caso, vale a pena se sintonizar com seu próprio organismo para ver se descobre a data da ovulação.  
Fonte 


Mais 5 passos pra quem resolver ser uma tentante...etapa nada fácil qdo começa a demorar demais pra realizar o sonho...
Bjo

4 comentários:

  1. Talvez esta questão de dor seja relativa. Têm pessoas que são mais resistentes à dor e pode ser seu caso.
    Não sofra por antecedência.
    Vai dar tudo certo.

    http://www.socorrominhairmavaicasar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Bom, primeiro boa sorte...
    Ótimas dicas, está certíssima.
    Sim, mudei de GO, estou com o Dr, Lucas Giarola.

    http://antesdopositivo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Preciso lembrar de passar por esse post quando virar tentante! rs.

    A maioria esquece de ir ao dentista, né? E é tanto importante!

    Beijos!!
    Gabi

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde Nise,
    Vamos crer que dará tudo certo e que com fé em Deus não irá doer tanto.
    Dicas valiosíssima essas, fiz ayividade física antes, mas como era natação agora tive q substituir por uma caminhada leve, preciso marcar um dentista pq esqueci totalmente, rs.
    Bju
    Ana

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita...
ESTE BLOG ESTA TEMPORARIAMENTE DESATIVADO
Nao estou atualizando,por isso os posts sao antigos
Mas fique a vontade para interagir com as seguidoras nos comentarios


Uma vez por semana eu libero os comentarios

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...